Quando a vida parece sorrir pra todos, menos pra você, aí é que você deve seguir em frente.

Por 27 de setembro de 2017Blog

Sabe aquele momento em que tudo desaba? Que você se vê num beco sem saída? Quando um ente querido se vai, seu filho adoece, a relação chega ao fim, você é demitido, seu melhor amigo muda-se pra longe, a saúde complica, a grana acaba, o desânimo toma conta e a fé termina?É exatamente nesse instante que a vida deseja firmemente que você continue. Ela apenas quer saber o quão preparado você está para vivê-la no seu melhor. Quer verificar quais lições você ainda não aprendeu e a quantas anda sua parcela de humildade, paciência e resignação. Se ela é uma roda gigante e você está em sua parte mais baixa,  alegre-se! É chegada a hora da sua subida!

Sendo sábia e justa que é, nos prova que o contrário também é verdadeiro. Por isso, aproveite a colheita, a boa maré, os bons ventos, os períodos de sol e as chuvas fartas quando estiver no topo. Feita de ciclos com começo, meio e fim, fica fácil deduzir o que te espera na próxima curva.Eu costumo separar a vida por departamentos: relacionamento conjugal, família, amigos, saúde, trabalho e finanças.  E você já deve ter notado que gastamos nossos dias socorrendo estes departamentos. A saúde tá ótima, você perde o emprego; o namoro vai bem, alguém da família sucumbe; aparece um amigo de infância, você tá zerado no banco, e assim vai. A vida é assim! Um emaranhado de coisas, fora do seu controle, testando a força de seus ombros, seu plano de saúde, seu nível de histeria e a sua fé.E quando todos os departamentos vão bem, desconfie! Pode esperar que algo acontece! É batata(já dizia minha mãe)! Não se trata de pessimismo, pensamento fatalista ou coisa parecida, é pura constatação. Ela chega, impetuosa, sem avisar, te dá um chacoalhão e te arranca da sua zona de conforto, do seu netflix, do seu facebook, do seu azedume diário. Ela te tira da relação por aparência, do trabalho que não te agrada, da amizade que não serve mais, do comportamento que destrói, do conformismo, da dificuldade em dizer “não” pra agradar. Ela te faz pular do sofá com a bacia de pipoca na mão! Tudo pra te jogar pra frente, pra cima e avante!

Portanto, lembre-se: independente do que aconteça, não se desespere. Nada é pra sempre, definitivo ou permanente nessa vida. E muito menos obra do acaso.

O belo da vida mora na sua transitoriedade, no imprevisível, nas suas boas intenções mal compreendidas, em suas belas curvas. É a velha metáfora da roda gigante. FIM

Porque escrevi esse texto? Em vídeo e na íntegra:
Gabriel Taco – apresentador, ator, narrador e amante das reviravoltas da vida. Siga em: Instagram Fanpage Linkedin

Leia também: Filho, nem todos os seus sonhos serão realizados. E isso não será necessariamente ruim.

 

Participe 9 comentários

  • MARIA ZULMIRA XAVIER disse:

    Muito

  • Fábio disse:

    Um dos textos reflexivos mais verdadeiros, que tive o privilégio de ler. Nos chama para o que é realmente belo na vida, parabéns. Obrigado.

  • Ricardo Murilo disse:

    Além de um cara excepcional em diversos talentos, é um excelente escritor e coaching motivacional!
    Obrigado sempre por sem quem você é! Sempre admirei como profissional, e após conhecer-te… Admiro mais ainda pelo ser humano que é! Continue assim amigo!
    #RicardoMurilo

    • Gabriel Taco Gabriel Taco disse:

      Obrigado Ricardo!!! Fico feliz de termos nos conhecido!! Conseguir ajudar as pessoas ou mostrar um caminho através da escrita, é um dos meus objetivos também. Abraços e sucesso!

  • Gracy disse:

    Adorei o texto e acima de tudo em um momento da minha vida em que estou passando por muitas dificuldades e estas palavras me fizeram refleti …..Porem entrei numa crise muito forte da depressão…não consigo faser o tratamento e isso ta me matando ….
    Coisas da vida ….nao vejo a hora de voltar tudo ao normal
    Agradeço muito pelo privilégio de ter lido …Parabéns pela postagem

    • Gabriel Taco Gabriel Taco disse:

      Gracy, tudo bem? Fico feliz em ter ajudado, de uma forma ou de outra. A vida é sempre cheia de altos e baixos. Muitas vezes, quando estamos na parte de baixo, temos dificuldade de encontrar uma saída, ficamos com a sensação de que é incontornável, nos sentimos sozinhos. Neste momento, você tem uma grande oportunidade de olhar pra dentro e ver realmente o que a vida quer de você, seja paciência, tolerância, humildade, força, coragem, etc. Independente do que esteja passando, tenho certeza que sairá bem mais fortalecida do que antes. Sucesso, você pode!!!!! Abraços e obrigado!

Deixe um comentário